Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Para esquecer!

Compartilhe:
8ee90171-cf6e-4354-9979-42fd4bc4c7b4

Fim de semana ruim para o futebol paranaense. Tricolor tropeçou, Coxa perdeu fora e Furacão desapontou em casa.

 

Atlético – Saudades da Libertadores.

Diante do Grêmio, mais uma vez o Furacão decepcionou sua torcida em casa. O time que havia feito história na quarta-feira ao conseguir uma virada fantástica dando a classificação à próxima fase da Libertadores não foi o time que jogou contra a equipe gaúcha neste domingo. No primeiro tempo o Atlético jogou bem, controlou a partida, deu mais chutes e levou mais perigo ao gol adversário. Mas faltou agilidade na hora de decidir as jogadas, sendo assim o primeiro tempo terminou 0 x 0. Na volta da segunda etapa o Rubro-Negro voltou a ser aquele dos jogos contra o Coritiba, San Lorenzo e Bahia. Um time totalmente desligado que viu logo no primeiro minuto de jogo o Luan abrir o placar para a equipe gremista. Passaram-se mais dez minutos e a apatia atleticana levou aos gaúchos fazerem o seu segundo gol com Lucas Barrios. Ainda depois do segundo gol o Grêmio continuou sendo superior no jogo e com mais chances de gol que o Atlético. O Furacão só conseguiu levar perigo ao gol adversário depois que o goleiro gremista Marcelo Grohe foi expulso ao demorar em repor a bola no jogo (o goleiro já havia levado amarelo pelo mesmo motivo). No final o Atlético tentou, mas não teve efetividade nas poucas chances que criou pra conseguir o gol.

Detalhe Pessimista: São oito gols sofridos em apenas dois jogos e já foram dois no mesmo lugar que levou seis no ano passado. Cadê aquela defesa de 2016?

Detalhe Otimista: Foi um primeiro tempo bom, principalmente pelo lado direito. Mas foi apenas bom

 

Coritiba – Jogou como nunca e perdeu…

O Coritiba foi até Santos, foi incisivo na partida, mas parou no goleiro santista e voltou com sua primeira derrota na bagagem. O Santos começou bem e logo nos primeiros minutos fez 1 x 0. Após o gol o Coritiba foi melhor na partida, criou duas chances de gol que parou em Vandrelei. Aos 24’, Ricardo Oliveira perdeu uma grande chance de fazer o segundo e depois deste lance só deu Coxa. O primeiro tempo acabou com 13 finalizações do Alviverde contra 6 do Santos. Justo o placar? Acho que não. Na segunda etapa não foi diferente, o Coritiba chegou com linda jogada do meia Galdezani, porém Vanderlei salvou o Peixe novamente. O Santos assustou com Bruno Henrique, mas foi só. Aos 45’ do segundo veio o que poderia ser a redenção com pelo menos um pontinho conquistado em um jogo no qual a vitória seria justa. Pênalti para o Coritiba. Alecsandro que estava fazendo a sua estreia no time tinha a chance de se consagrar, porém não foi o que aconteceu. O atacante tomou pouca distancia, chutou no canto direito e o goleiro Vanderlei pra fechar a “lei do ex”, defendeu.

Detalhe Pessimista: Coritiba criou muito, mas não caprichou nos momentos certos. O pênalti perdido deixou escapar um ponto que poderia dar uma ótima sequencia de resultados para a equipe

Detalhe Otimista: Marcio entrou bem no jogo, se manter o ritmo com uma boa continuidade pode ser o substituto para o Juninho.

 

 Paraná – Dois pontos perdidos

Na sexta-feira o Paraná entrou em campo pela segunda rodada do campeonato contra o Paysandu e não conseguiu tirar o zero do placar. A equipe do estado do Pará veio fechada, tentando explorar o contra-ataque tricolor quando era possível. Aí já dá para imaginar como foi o jogo. O tricolor todo ataque e o Papão todo defesa. Minho e Renatinho chegam com perigo no gol adversário, mas a melhor chance foi com Daniel Moraes. O atacante girou na entrada de área e bateu colocado pra uma grande defesa do goleiro Marcos do Papão.  No segundo tempo o Paysandu assustou em duas chegadas. A primeira com Wellington Junior tentando por cobertura e depois com Wesley que cabeceou forte para o goleiro Léo fazer uma grande defesa. O Tricolor da Vila respondeu com Leandro Vilela que chutou forte, mas o goleiro espalmou pra fora. Após os 15’ do segundo tempo só deu Paraná no jogo e faltou pouco pra bola entrar, contudo o sistema defensivo da equipe paraense se sobressaiu e o 0 x 0 permaneceu no placar. Resultado ruim que deixou escapar a liderança do Tricolor.

Detalhe pessimista: O Paraná não pode perder pontos como estes em casa, tem que vencer. Time que quer subir não deve perder pontos como estes.      

Detalhe Otimista: Defesa paranista novamente se comportou bem na partida e não deu moleza. Minho vem jogando bem e se consolidando para ser o titular.

 

Por: João Guilherme Rodrigues

Deixe seu comentário:

Curta no Facebook

Os Gols do Seu Time

Os Gols do Seu Time

Menu

RSS Mundo da Musica

RSS Futebol 2017

Redes sociais