Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Sobe o som torcedor: Os jogos das nossas equipes na 3°Rodada das Séries A e B

Compartilhe:
8ee90171-cf6e-4354-9979-42fd4bc4c7b4

Furacão empatou em casa, Coxa conseguiu boa vitória fora, Tubarão venceu a primeira e Tricolor por pouco não saiu com bom resultado.

 

Atlético – Chutou, chutou, mas não adiantou…

Furacão mantém escrita de não perder para o Flamengo na arena, porém não consegue vitoria e tem que se contentar com um empate. Na estreia de Eduardo Batista sobe o comando do Rubro-Negro neste domingo já deu para perceber algumas mudanças, como na maneira do time pressionar o campo de ataque adversário e o posicionamento do meia Rosseto, jogando um pouco mais avançado. O Furacão foi melhor no jogo, criou grandes oportunidades, principalmente com Grafite. O jogador que tanto é vaiado pela torcida, ontem foi aplaudido no momento em que saiu, mesmo errando muitos gols, um deles inclusive cara a cara com o goleiro quando o jogo já estava 1 x 0 para o Flamengo com gol de cabeça do Manceullo, em jogada pela esquerda. O Atlético continuava na pressão contra os cariocas, logo após o gol uma bola na trave de Nikão e as chances perdidas de Grafite fizeram o Flamengo sair com vantagem no primeiro tempo. Na volta da segunda etapa um susto logo de cara. Guerreiro cabeceou no ângulo e Weverton fez grande defesa. O Furacão respondeu aos 10’. Em escanteio cobrado por Rosseto, o zagueiro Atleticano Thiago Heleno testou bonito para empatar a partida. O jogo seguiu e as chances aconteceram para ambos os lados. Pelo lado do Cap uma chance com Douglas Coutinho, pelo lado dos Cariocas uma chance com Guerreiro, nenhumas com êxito. Final de jogo, empate em 1 a 1 e o Atlético não conseguiu engrenar no Brasileiro.

 

Coritiba – Vitória de letra! 

Após perder o jogo mesmo jogando bem na ultima rodada, o Verdão não se abateu, foi até Salvador, venceu o Vitória e se reabilitou no campeonato. O jogo de futebol entre as duas equipes começou no segundo tempo, porque na primeira etapa ambos não quiseram jogar. Na volta do intervalo os dois times buscaram o gol na partida e criaram boas oportunidades de gol. Logo aos seis minutos de jogo o arbitro da partida assinalou tiro livre indireto dos Baianos após recuo de Paulinho para o goleiro Fernando Miguel. Aí começou o bombardeio Coxa-Branca, foi uma sequência de três chutes alviverdes, três defesas do goleiro Fernando Miguel e ainda uma tirada na linha do gol do Paulinho salvando o Vitória. Aos 14’ saiu Neto Berola e entrou Rildo, que voltou de lesão e não atuava desde o jogo contra o J.Malucelli na 7°Rodada do campeonato paranaense, no jogo do qual saindo fazendo reclamações das críticas que estava sofrendo da arquibancada. 10 minutos mais tarde saiu Alan Santos para a entrada de Tiago Real. As duas peças usadas por Pachequinho saíram do banco para dar os três pontos para o Coritiba. Dois minutos após entrar, Tiago Real cruzou da direita para Rildo, o atacante no meio de dois defensores fez um golaço, De LETRA! Final de jogo vitória do Verdão por 1 a 0 em cima do Vitória, fora de casa.

 

Londrina – Belusso, o personagem decisivo.

Jogando em casa, no estádio do Café, o Tubarão conseguiu a sua primeira vitória na Série B diante do Luverdense. Em tarde inspirada o atacante Jonatas Belusso foi o personagem do jogo, fez dois gols e ainda conseguiu ser expulso. O primeiro tempo foi de boas chances para as duas equipes, o Luverdense criava, mas sem perigo. Já o Tubarão com as melhores chances foi martelando até que uma hora tanto bateu que furou. No minuto 32, Belusso recebeu bom passe de Arthur e colocou no canto direito do goleiro pra abrir o placar para os donos da casa. Na segunda etapa o jogo voltou com tudo, com chances boas para as duas equipes. Aos‘ 11, Belusso marcou mais estava impedido. Na sequencia, Erick anotou para os visitantes, empatando a partida. Porém Belusso não deu tempo para os adversários comemorarem. Dois minutos depois o atacante cara a cara com o goleiro deu uma linda cavadinha fazendo seu segundo gol no jogo. No decorrer do segundo tempo veio às reclamações de Belusso com a arbitragem, na qual rendeu dois amarelos para o atacante que causou a sua expulsão. Mesmo com um a menos o Londrina não se abateu, tanto que aos 43’ o meia Marcinho fechou o placar para a vitória de 3 x 1 do Tubarão.

 

Paraná – Descuidos

Poupando alguns jogadores para o jogo de quarta na Copa do Brasil, o Tricolor da Vila foi até Caxias do Sul enfrentar o Juventude e por descuidos na partida não conseguiu sair ao menos com um ponto na bagagem. O time de Cristian de Souza foi melhor no primeiro tempo, chegou a metralhar os donos da casa com chances de gols logo nos primeiros minutos, porém sem efetividade. Os gaúchos foram se organizando durante a primeira etapa e assim persistiu o 0 x 0  no primeiro tempo. Na volta do intervalo o Juventude iniciou a partida melhor, com bola na trave em cobrança de falta. O Paraná reagiu e aos 12’ do segundo tempo abriu o placar com Felipe Alves, em uma bate rebate dentro da área gaúcha, a bola sobrou para o atacante que concluiu pra rede. Contudo a resposta do Juventude foi em seguida, em jogada de bola parada, desatenção do Paraná e gol dos gaúchos empatando a partida. Tudo estava encaminhado para o Tricolor sair com ao menos um ponto da partida, mas aos 46’ no escanteio do Juventude, o goleiro Marcos falhou e Diego Felipe sem dificuldade empurrou para as redes e virou a partida e fez o Paraná conhecer a sua primeira derrota na competição.

Por: João Guilherme Rodrigues 

Deixe seu comentário:

Curta no Facebook

Os Gols do Seu Time

Os Gols do Seu Time

Menu

RSS Mundo da Musica

RSS Futebol 2017

Redes sociais